O canto da Terra

 

As festividades Abitureirenses, constituem legados dos antepassados que se realizam mais ou menos ciclicamente num contexto ritual e comemorativo, tornavam-se num pretexto para o divertimento e reforço do bairrismo local e da coesão social da comunidade.

A tradição marcava os costumes cíclicos ou não, aqui existentes. Simples e funcionais, estes inseriam-se numa lógica vivencial em que o sagrado  e o profanos se encontravam interligados e as pesadas obrigações laborais eram cortadas, aqui e ali, pelas ansiadas actividades lúdicas e recreativas.

Este CD é precisamente o registo de um trabalho de recolha  efectuado pelo nosso grupo, na Freguesia de Abitureiras . É o apêndice  ideal do livro “Abitureiras a Terra e o canto”, um complemento indispensável para melhor conhecer os assuntos expressos nesse trabalho escrito,  em especial os relacionados com o cancioneiro.

As músicas e cânticos aqui registados, foram praticados  em   Abitureiras (e certamente noutras regiões) chegaram até aqui pelo natural processo de disseminação, sujeitas a todas as alterações e influências que um processo desta natureza implica. Outras poderão eventualmente ter tido a sua origem nesta localidade ou região, facto que não nos foi possível identificar. Certamente não será de estranhar se existirem outros cancioneiros com espécies idênticas, mas em que este ou aquele pormenor na melodia, poema ou coreografia, as particularizou e as tornou versão única, (ou não!) desta zona.

Enfim! Manifestações do colectivo que se registam neste trabalho e que se sustenta na  mais comum, na eleita das expressões lúdicas locais : “O canto da Terra”