Ínício
          Abitureiras
          História
          A Lenda
          Toponímica
          Arquitectura
          Aspectos da Vida Social
          Trabalho
          Tradições
          Gastronomia
   
   
Em breve Novidades do nosso Festival ABITUREIRAS - 2009
   
As casas locais eram quase sempre de formato rectangular, de rés-do-chão, telhado de duas águas, chaminé de formato trapezoidal a sobressair no telhado, duas ou três janelas na frente, porta de “duas folhas” ou “inteiriça”, com postigo ou não, caiadas de branco, com barra de ocre amarelo ou roxo, ou o inverso (caiadas de cor com barra branca). As “empenas” baixas (1,5 a 2metros em função da largura da casa) e “pé direito” igualmente pequenos (2,5 metros, excepcionalmente chegava aos 3 metros), eram características que marcavam, de maneira particular, a estrutura base da construção local.